Confeitaria da Luana

Search
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in comments
Search in excerpt
Filter by Custom Post Type
Loja Mourato Coelho
Fechado12:00 - 18:30
Veja mais
Shopping Vila Olímpia
Fechado11:00 - 23:00
Veja mais
Loja Shopping Bourbon
Fechado10:00 - 22:00
Veja mais

Comfort food

 

 

Tem dias na vida da gente, que são mais duros do que de costume, cheio de coisas pontudas, espinhos, por onde passamos e vamos nos arranhando. No final destes dias tudo que queremos é afundar em almofadas bem macias, sob mantas bem fofas e de preferência comer alguma coisa também macia que é pra não ter que fazer esforços usando forças que já não temos. Em suma, queremos não ter que pensar em nada e se possível, colo e proteção.

 

É aí que entra o que os americanos chamam de comfort food que pode ser descrita de infinitas maneiras, mas que podemos resumir mais ou menos assim:

 

são coisas macias e gostosas que quase não requerem mastigação, que restringimos no dia a dia, por inúmeras razões, entre elas, dietas de várias procedências,

 

que nos trazem aconchego,

 

que nos alegram a alma,

 

que nos lembram almoços em família,

 

que nos lembram colo de mãe,

 

que nos confortam nas pequenas, médias, grandes e devastadoras dores  (no seriado Sex and the City, a personagem Carrie, sempre de pijama e com uma caixa de lenços de papel do lado, comia potes de sorvete cobertos de lágrimas, a cada vez que um relacionamento chegava ao fim).

 

Uma definição que encontrei do Dicionário Thesaurus diz assim:

 

Comfort food – comida preparada de maneira simples que dá sensação de bem estar; tipicamente alimentos com alta concentração de açúcar e/ou carboidratos que são associadas à infância ou à comida caseira.

 

É aqui que entram os cupcakes.

 

Quando optamos por um cupcake, com ele vem junto muitas coisas, entre elas:

 

um bolo, que apesar de pequeno, é inteiro pra nós,

 

se for comido durante o dia, pode ser uma pausa de alegria que separa a parte do dia que já passou e nos dá uma certa força pra enfrentar o resto,

 

se for comido à noite, pode ser uma forma de gratificação pelo dia que foi enfrentado, uma recompensa,

 

a proporção harmoniosa entre o bolinho, o recheio, a cobertura e os enfeites é o que vai dar a medida do conforto. Se for grande demais, pesado e com muitos confeitos por cima, já não pode ser chamado de confortável porque tem que mastigar muito e a sobrecarga de gordura e açúcar vai ficar nos lembrando dele de forma não tão alegre,

 

A gente também pode comer um cupcake por razão nenhuma. Só porque queremos, porque é bom e porque merecemos e estamos felizes.

 

Tem uma frase que ouvi pela primeira vez em São Francisco quando estudava lá, que diz assim:

 

“A vida é curta. Coma a sobremesa primeiro.”

 

Bom cupcake pra você!

 

(Sem avaliação)

Tags:


Formas de pagamento

  • Visa
  • Mastercard

Certificado de Excelência

Encomendas

Venha nos Visitar

Rua Mourato Coelho, 583 Pinheiros - SP - São Paulo
11 3031 7199

Rua das Olimpíadas 360 - Vila Olímpia - SP - São Paulo
11 3045 2717

Rua Palestra Itália
Perdizes - SP - São Paulo
11 3865 9483

Atendimento Online